Aplicação de toxina botulínica para espasticidade

17 de abril de 2020 Por Casa Crescer

Você está acostumado a ver sobre o uso dela em tratamentos estéticos, mas já ouviu falar na aplicação de toxina botulínica para espasticidade?

Primeiro vamos entender o que é a espasticidade, o que ela causa e como a toxina botulínica pode dar mais qualidade de vida a quem sofre com ela.

O que é espasticidade?

É uma sequela comum de doenças neurológicas que provocam lesões nas células do sistema nervoso que são responsáveis por controlar os movimentos voluntários do corpo humano.

A espasticidade pode ser uma das sequelas deixadas pelo Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O que ela causa?

As maiores queixas de quem sofre com a espasticidade são as dores, perda de força e movimentos. Como consequência, atividades simples como comer, beber e tomar banho podem virar um pesadelo.

Além disso, quedas e fraturas podem ocorrer frequentemente. Com tudo isso, também diminui o nível de independência do paciente, pois precisará de auxílio para inúmeras tarefas.

Por que é indicada a aplicação de toxina botulínica para espasticidade?

A aplicação de toxina botulínica é indicada para deixar a musculatura mais relaxada, uma vez que ela diminui a rigidez no local e pode amenizar as dores, bem como melhorar a mobilidade da área aplicada.

Quais pacientes podem receber aplicação de toxina botulínica para espasticidade?

Primeiro é necessário avaliar o quadro que o paciente apresenta, no entanto, a partir do diagnóstico confirmado, o paciente já é candidato à aplicação de toxina botulínica para espasticidade.

Contudo, o uso da toxina geralmente é empregado em casos de moderados a grave.

Onde a toxina botulínica pode ser aplicada?

Qualquer grupo muscular do corpo pode receber a aplicação da toxina botulínica, de acordo com o grau da lesão.

O resultado é instantâneo?

Não. A aplicação de toxina botulínica para espasticidade começa a agir após 72h, resultados mais expressivos são vistos após 15.

No entanto, o auge do tratamento ocorre em 30 dias e pode durar até seis meses.

Qual o intervalo necessário entre as aplicações?

Se o tratamento surtir efeito após a primeira aplicação, a toxina botulínica pode ser aplicada novamente após, no mínimo, três meses.

Mas atenção: a aplicação da toxina botulínica para espasticidade deve ser acompanhada de fisioterapia, hidroterapia e até alongamentos em casa para garantir o sucesso do tratamento e a melhora da qualidade de vida do paciente.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente.

Quer saber mais sobre nosso trabalho voltado à saúde integral da família? Siga acompanhando a Casa Crescer ou entre em contato com a gente.

síndrome de burnout como identificar os sintomas