Os cuidados com a saúde da mulher no pós-parto

23 de junho de 2020 Por Casa Crescer

Toda mulher passa o período de gestação se cuidando, mas após o nascimento é comum que as atenções se voltem para o pequeno. Poucas mulheres sabem que os cuidados com a saúde no pós-parto são tão importantes quanto os da gestação, e é sobre isso que vamos falar no post de hoje.

O acompanhamento médico no pós-parto é extremamente importante, visto que reduz consideravelmente o número de idas ao hospital por conta de problemas mais graves (o que é muito comum).

 

CLIQUE E VEJA: Como escolher os profissionais para lhe acompanhar

As consultas

– Primeira consulta

A recomendação depende de cada paciente, mas normalmente é indicado uma consulta ao seu ginecologista entre 7 a 15 dias pós parto.

É nessa consulta que os pontos e o processo de cicatrização serão verificados, tanto para cesária quanto para o parto normal que necessitou de episiotomia. Além disso, é nessa consulta que são analisados os primeiros vestígios de depressão pós-parto, sendo super importante essa conversa sincera com o médico, que poderá encaminhar para um psicólogo para melhor tratamento e bem estar da mulher.

Lembrando que se o parto foi normal sem necessidade de pontos, não é essencial que a primeira consulta ocorra neste tempo.

– Segunda consulta

É realizada 40 dias após o parto. Nesta, o médico analisa as mamas, aconselha e auxilia questões sobre amamentação. Também, são tratadas questões sobre a contracepção, para que não ocorra gravidez antes do tempo aconselhado, que são no mínimo 18 meses entre as gestações.

Depois desta consulta, se estiver tudo certo, a próxima deve ocorrer 6 meses após o nascimento.

No pós-parto, quais cuidados a mãe deve ter?

Cada médico indicará os cuidados específicos de cada paciente. Mas em geral os cuidados são os exames de papanicolau, de mama e hormonais. Além destes, o acompanhamento da recuperação uterina, como a atenuação de sangramento, regresso ao tamanho normal, geração de leite apropriada e em caso de pontos cuidados com a boa cicatrização.

Quando a mãe deve ir à emergência?

A emergência só deve ser procurada em casos em que realmente é necessária. É indicado que em casos de sangramento intenso procure ajuda médica. Também é aconselhado a ida ao pronto socorro em casos de febre e dor, o que pode indicar alguma infecção. E em casos de mamas cheias, avermelhadas e com dor pode indicar leite empedrado ou então mastite, que necessita de tratamento específico.

Os cuidados da mulher no pós-parto não devem ser negligenciados, um bom acompanhamento garante saúde e tranquilidade à nova mamãe.

 

Indicado para você: Vacinação infantil: quais vacinas o bebê deve tomar nos primeiros 18 meses de vida?