Exame sorológico de coronavírus: Quando pode fazer? Diferença entre os tipos de testes

17 de agosto de 2020 Por Casa Crescer

O Coronavírus, Covid-19, é uma doença nova, a qual já existem alguns testes que a detectam. Com isso, é comum que surjam algumas dúvidas sobre qual teste é mais recomendado e quando deve ser feito. Neste post, falaremos sobre o exame sorológico de coronavírus, quando ele pode ser feito e quais as diferenças entre os tipos de exames! Vamos lá?

Para que serve o exame sorológico de coronavírus?

Se você quer saber se já teve o Covid-19, o exame sorológico é o ideal para você! Este exame, serve para saber se seu sistema imunológico já desenvolveu anticorpos para a doença, no caso de você já ter pego.

Ele é feito a partir de uma amostra de sangue, que deve ser coletado a partir do 10° dia de sintomas da doença ou da suspeita de exposição. O motivo dessa espera é que o organismo demora alguns dias para produzir os anticorpos.

Sendo assim, esse tipo de exame não deve ser utilizado como confirmação para a infecção atual. Ele é indicado para pessoas com suspeita de já terem estado em contato com o vírus previamente.

CLIQUE E VEJA: Como vacinar bebês e crianças com segurança em tempos de Covid-19?

Diferenças entre os testes de Covid-19

Sorologia: É feito através da coleta de sangue venoso, pelo menos 14 dias após o início dos sintomas ou da suspeita de contágio. Serve para identificar se o organismo produziu anticorpos para a doença.

RT-PCR: É feito através da coleta de material genético (secreção naso-orofaringe) coletada a partir do swab (espécie de cotonete). Deve ser feito do 2° ao 12° dia do início dos sintomas e detecta a presença da infeção pelo vírus. O teste é indolor mas pode ser incômodo.

Veja também: Homeschooling em tempos de pandemia

Observação importante: O resultado negativo não exclui a possibilidade de infecção. Se necessário um médico pode solicitar exames complementares.

Esperamos que estas informações sejam úteis nestes tempos de pandemia. Nosso conselho é que fiquem em casa e se protejam! Não deixe de seguir a Casa crescer nas redes sociais para ficar por dentro de mais dicas como esta! Instagram, Facebook, Youtube