Dúvidas sobre o uso de repelentes?

Repelente de insetos

Nesta época de calor e chuvas quando enfrentamos mosquitos em maior quantidade e
preocupados com as doenças que eles podem transmitir como Dengue, Zika,
Chikungunya e febre amarela, é muito importante saber como usar de forma segura os
repelentes. E para isso ter informação é a melhor ferramenta!

O que é um repelente?

Todo repelente é um pesticida, pois tem como objetivo prevenir e repelir certos tipos de
“peste”. E como todo pesticida, deve ser utilizado de forma correta para evitar o risco de
intoxicação.
O que contém um repelente?
As substâncias ativas nos repelentes, assim como suas concentrações nos diferentes
produtos e marcas, são várias: óleo de citronela, EPA, DEET, Picaridim, IR 3535, p
Menthane-3,8-diol, metil nonil cetona, óleo de eucalipto citriodora, para citar alguns
exemplos.

Quem pode usar o repelente?

A indicação varia de acordo com o princípio ativo e/ou sua concentração, portanto é
necessário seguir as recomendações do rótulo de cada produto que for escolhido para ser
utilizado.

Quanto tempo dura o efeito do repelente?

A duração efetiva do repelente depende de diversos fatores além da concentração da(s)
substância(s) ativa(s) (concentrações inferiores a 10% de DEET possuem efeito repelente
por menos de 2h e o óleo de citronela, somente por 20 a 30 minutos, por exemplo), como
da atividade física/sudorese, exposição à água, temperatura ambiente, e quão atrativo o
indivíduo é aos insetos (característica individual).

O que temos disponível no Brasil?

• IR3535: recomendado para crianças de 6 meses a 2 anos de idade e grávidas (loção
antimosquito Johnson ® ), porém deve ser reaplicado a cada 2h.
• DEET: seguro para grávidas, porém contraindicado para menores de 2 anos, na
concentração de 10% pode ser usado em crianças de 2 a 12 anos (duração de cerca
de 2h) e acima dessa idade pode ser usado em concentração cima de 10% com os de
15% (duração de 6h) encontrados no OFF ® , Autan ® e Repelex ® .
• Icaridin: seguro para grávidas, formulação para bebês acima de 6 meses e para crianças a partir de 2 anos, sua
duração é de 10h ou mais, sendo o mais recomendado pela menor necessidade de
reaplicação. Encontrado no mercado como Exposis ® .Exposis baby®

Uso seguro do repelente em crianças

O uso seguro de repelentes em crianças requer alguns cuidados:

• repetir o uso somente conforme as instruções do rótulo do produto escolhido,
• aplicar somente nas áreas de pele exposta (nunca onde ficará coberto pela roupa, pois
pode aumentar a absorção do produto pela pele e, consequentemente, o risco de
intoxicação ou reações adversas),
• nunca deixar que a criança manipule o repelente,
• o adulto deve colocar o produto em sua mão e passar nas áreas do corpo da criança
sempre evitando a região dos olhos, da boca e as mãos da criança (pois pode levar o
produto à boca e ingeri-lo),
• assim que não for mais se expor ao ambiente externo com maior risco de picadas de
insetos, lavar toda a região onde foi aplicado o repelente ou dar um banho.
Outras formas de prevenir picadas de mosquito
Há outras formas de se prevenir como:
• utilizar roupas tratadas com permetrina (substância com efeito repelente e inseticida,
ou seja, também mata o inseto),
• usar roupas de cores neutras e sem adornos brilhantes/metálicos, meias, sapatos
fechados, camisetas de mangas compridas e calças conforme a temperatura ambiente
permitir,
• evitar perfumes principalmente aqueles de odor forte e/ou adocicado.
Estudos com citronela na forma de velas mostraram somente de 3% de proteção aos
indivíduos (42,3% se próximo à vela) e, na forma de incenso, somente 5% (24,2% se
próximo a ele).

Por : Dra Marcia Toraiwa Iwashita  CRM 120319

Pediatra e Alergoimunologista