Dedo em gatilho e Síndrome do Túnel do Carpo: problemas nas mãos que afetam a qualidade de vida

Compartilhe:

Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
doencas da mao quais sao e como trata las - Casa Crescer

Dedo em gatilho e Síndrome do Túnel do Carpo: você já ouviu falar de algum desses problemas ortopédicos? Temos certeza que sim! Afinal, são bastante comuns hoje em dia. Neste artigo, vamos dar uma breve olhada em cada um deles.

O que é o dedo em gatilho?

O dedo em gatilho é uma doença comum que afeta as mãos. Geralmente, mulheres no período da menopausa sofrem com esse problema.

Na maioria das vezes, os sintomas são a sensação de travamento em um ou mais dedos. Além disso, se a doença piorar, pode haver uma maior dificuldade para abrir e fechar os dedos.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é essencialmente clínico. Isso, aliás, significa que ele é realizado após o compartilhamento de sintomas e informações por parte do paciente. 

Em alguns casos, se faz necessário o uso de meios auxiliares para confirmar o diagnóstico. Ou seja, podem ser utilizadas ultrassonografia ou ressonância magnética também.

Qual o tratamento?

Inicialmente, o tratamento é feito com o uso de medicação, como anti-inflamatórios. Além disso, pode-se utilizar fisioterapia e acupuntura. 

A infiltração, feita pelo médico especialista, também é uma boa opção. Esta, por sua vez, é a injeção de corticóide e anestésico local na região da dor.

Esta técnica, entretanto, deixa margem para o retorno dos sintomas após algum tempo. Por isso, o tratamento cirúrgico é o procedimento mais resolutivo que há.

Este, por sua vez, pode ser realizado no centro cirúrgico, ou ainda em regime ambulatorial – com anestesia local. Neste último, o processo é mais rápido, confortável e menos custoso para o paciente. Além de tudo, também é absolutamente seguro, sem os riscos inerentes a qualquer procedimento dentro de um hospital.

O que é a Síndrome do Túnel do Carpo?

O dedo em gatilho e a Síndrome do Túnel do Carpo são bastante comuns, como você pode perceber. No caso da Síndrome do Túnel do Carpo, esta causa dor e formigamento das mãos, especialmente durante a noite, o que atrapalha significativamente a qualidade do sono. Outros sintomas são:

  • Sensação de “choque”;
  • Diminuição da sensibilidade dos dedos;
  • Perda gradual da força das mãos.

Como é feito o diagnóstico?

Para detectar o problema, o meio mais comum é a eletroneuromiografia dos membros superiores. Esta, por sua vez, deve ser solicitada por um médico especialista. 

Qual o tratamento?

O tratamento inicial é o uso de medicações, como derivados da Vitamina D, pregabalina, duloxetina e amitriptilina, conforme prescrição médica. Além destes, anti-inflamatórios também fazem parte do processo.

O imobilizador noturno, aliás, é outro meio de tratamento. Não obstante, fisioterapia e acupuntura também podem aliviar os sintomas.

Quando a melhora não ocorre, é hora de indicar o tratamento cirúrgico. Quando se trata deste assunto, aliás, há muita desinformação. Especialmente, inclusive, sobre os resultados da cirurgia. Contudo, não há motivos para se preocupar: estes resultados são positivos em mais de 90% dos casos.

A cirurgia, por sua vez, pode ser feita de modo aberto, ou por vídeo. Além disso, ocorre tanto no centro cirúrgico, quanto em regime ambulatorial – também com anestesia local. Mais uma vez, afirmamos que esse procedimento é mais rápido, confortável e barato.

Por aqui, na Casa Crescer, a realização do procedimento é feita apenas com anestesia local pelos seguintes motivos:

  • O paciente não precisa fazer nenhum exame pré-operatório (de sangue, cardiológico, entre outros). Nosso ortopedista, por exemplo, é especialista referência em cirurgia da mão e já operou mais de 5 mil casos com esta técnica;
  • Não é preciso ficar de jejum;
  • A internação também não é necessária;
  • Não é preciso suspender nenhum medicamento antes da cirurgia;
  • Temos toda a infraestrutura e alvarás  exigidos pela Vigilância Sanitária
  • É possível realizar o processo em ambulatórios, em vez de hospitais. Assim, não há filas longas de espera, burocracias ou vulnerabilidade a demais doenças que podem acontecer no ambiente hospitalar. Além disso, o ambiente da Casa Crescer é acolhedor, com som ambiente relaxante e atendimento humanizado.

O tempo entre a chegada do paciente na clínica, realização do procedimento e sua saída da clínica é menor que 1 hora. Os pontos, inclusive, são retirados após 15 dias do procedimento, em consulta com o médico. Além disso, o médico disponibiliza WhatsApp para possíveis dúvidas e garantir todo o suporte necessário.

Nem todos os pacientes fazem esse procedimento em regime ambulatorial. Para decidir qual é o caso, o médico faz uma avaliação prévia de cada caso. Nela, é analisado principalmente a ansiedade do paciente, possíveis transtornos mentais ou baixa tolerância à dor. 

Onde tratar dedo em gatilho e Síndrome do Túnel do Carpo?

Como você pode observar, o dedo em gatilho e Síndrome do Túnel do Carpo são perfeitamente tratáveis. Caso você se identifique com algum dos sintomas mostrados neste artigo, não hesite em procurar a Casa Crescer! Aqui, nós podemos resolver o seu problema. Para isso, basta acessar a nossa página de agendamento.

Cuidados

Mesmo com a chegada da vacina da COVID, todos os esforços continuam necessários para que possamos cuidar de nós mesmos e cuidar dos outros.

Por isso, a gente, aqui da Casa Crescer, não pisca na hora de seguir cada protocolo de prevenção.

Não deixe de cuidar da sua saúde e da sua família. Venha em segurança e encontre um ambiente seguro.

Baixe seus ebooks

Baixe seu health planner

E planeje sua saúde mês a mês: mais organização, menos gastos, muito mais qualidade de vida.

Posts recentes

Quer saber primeiro?

Assine a nossa newsletter quinzenal e receba dicas sob medida

Outros também leram:

Ainda não conhece a Casa Crescer?

Entre em contato conosco agora.

adultos-perfil