Como posso estimular a fala e aquisição da linguagem no meu bebê?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp

Dúvida muito frequente nas consulta pediátricas e motivo de ansiedade entre os pais : Como posso estimular a fala e linguagem no meu bebê?

Para adquirir uma boa fala e linguagem é necessário primeiramente que estejamos ouvindo, com musculatura da face  adequada e que haja troca de experiências.

É através dos sentidos que tomamos contato com o que está ao nosso redor, num primeiro momento a boca será o canal de aprendizagem, por isso o bebezinho coloca tudo na boca , para poder experienciar o objeto. Aproximadamente nessa fase a fala começa a aparecer.
A fala se dá pela repetição, logo conversar com o bebê é fundamental. Através da fala  a criança terá condições de aumentar o seu repertório de acordo com as experiências vivenciadas. Por isso a família tem um papel de relevância pois é ela que pode transformar situações rotineiras em momentos ricos de estimulação de fala e linguagem.
O brincar ajuda e muito  no desenvolvimento da criança, o importante é a qualidade dessa brincadeira e não a quantidade, o tipo de brinquedo deve ser levado em conta. Brinquedos coloridos, luminosos, sonoros , são atrativos e estimulam os sentidos ativando também o nosso cérebro. Não podemos esquecer do olfato e paladar que através de exposição a cheiros e sabores diferentes pode ser incentivado.
Com o decorrer do tempo as necessidades de conhecimento vai crescendo e atividades vão se modificando; contar histórias antes de dormir,brincadeiras de faz de conta ,jogos com regras , organizar a rotina  vão auxiliar na ampliação da fala e linguagem.
Se incentivarmos desde o início estamos preparando essa criança para que ser torne um adulto saudável.
Acredito que o nosso objetivo com a criança deve ser o de  proporcionar a maior quantidade de oportunidade de interação com o meio  ( de explorar todas as possibilidades e habilidades )com intuito preventivo de remediar qualquer desvio dentro do seu desenvolvimento.
Escrito por: Fga.Ocyomara Almeida dos Santos
                       Crfa5247

Cuidados

Mesmo com a chegada da vacina da COVID, todos os esforços continuam necessários para que possamos cuidar de nós mesmos e cuidar dos outros.

Por isso, a gente, aqui da Casa Crescer, não pisca na hora de seguir cada protocolo de prevenção.

Não deixe de cuidar da sua saúde e da sua família. Venha em segurança e encontre um ambiente seguro.

Baixe seus ebooks

Posts recentes

Quer saber primeiro?

Assine a nossa newsletter quinzenal e receba dicas sob medida

Outros também leram:

bebe fofo
Todos

O bebê chegou, e agora? – Um guia sobre a vida pós-parto

Se a gestação é como uma viagem, o pós-parto é uma espécie de destino. Ou uma conexão mais longa, que levará mãe, pai e cuidadores para um novo lugar: a vida familiar. Esta jornada – a maternidade e a paternidade – é uma aventura e tanto, eu sei. Para te guiar ao longo dela, trouxe, neste artigo, algumas dicas para te ajudar neste caminho.

Adultos

Depressão pós-parto paterna: isso existe?

Apesar de a depressão pós-parto materna ainda não ser tão popularmente compreendida quanto deveria, é fato que a depressão pós-parto paterna é uma incógnita ainda maior. Muitas pessoas, inclusive, nem sequer sabem que ela existe.

Ainda não conhece a Casa Crescer?

Entre em contato conosco agora.

adultos-perfil