Mau comportamento da criança? Veja como você pode amenizar

10 de agosto de 2020 Por Casa Crescer

É comum vermos adultos se queixando quando a criança está se comportando de uma forma não muito legal. Esses comportamentos frustram e preocupam a maioria dos pais e familiares. Mas antes de tomar qualquer atitude, devemos entender o que é na verdade o mau comportamento da criança e como devemos lidar com isso. E é sobre isso que falaremos no post de hoje! Vamos lá?

O que é o mau comportamento da criança?

O mau comportamento geralmente está associado à alguma coisa que a criança faz ou sente e que não é adequada socialmente. Por exemplo quando a criança bate, chora, morde, grita… Porém, precisamos entender que estas ações podem ser sintomas de algo que pode estar acontecendo.

O mau comportamento pode ser resultado de algum tipo de alteração  emocional, que são estimuladas por fatores externos, que desencadeiam reações no indivíduo. E as crianças ainda não possuem habilidade emocional para interpretar e lidar com esses estímulos de maneira mais adequada. Por isso, precisamos entender que nenhum sentimento surge do nada, ele sempre será estimulado a partir de alguma ação externa.

CLIQUE E VEJA: Vídeo – o que é mau comportamento infantil e como lidar com essa situação?

Na prática, como lidar?

Por exemplo: Uma criança de 3 anos que começou a ir para a escola e teve uma adaptação escolar muito boa, sem dificuldades e boa adaptação com professores e colegas. Porém, em certo momento, começou a bater na mãe, morder o irmão… ficando muito irritada ao chegar em casa. Os pais sem entender, começaram a aplicar as clássicas punições ineficazes, como os castigos, que só pioram a situação.

Nesse caso, com o acompanhamento da Casa Crescer, foi indicado a parar com as punições, para que a criança sinta-se acolhida em casa e tenha liberdade de expressar suas frustrações. Depois disso, foi investigado e identificado, que na escolinha essa criança tinha um problema com um coleguinha, que o beliscava sem a professora ver. Essa criança, por ter esse problema, era muito retraída na escolinha, e ao chegar em casa representava essa angústia de forma violenta.

No momento em que descobrimos a causa do mau comportamento, pudemos ensinar  à criança a lidar com as emoções, o que é uma habilidade muito difícil de ser desenvolvida. Essa habilidade é trabalhada a partir de ferramentas como ensinar que ele pode chamar alguém para ajudar, pode tentar conversar com esse amigo, pode tentar se afastar… e há diversas alternativas para lidar com esse problema. A partir do momento que isso foi ensinado e ela começou a colocar em prática, as atitudes violentas em casa também pararam.

Nesse caso, os pais tentaram resolver o problema da violência sem entender as causas dela, o que deixou a criança ainda mais angustiada. É comum nos preocuparmos em tentar resolver o problema sem entender as causas dele, e isto é um erro, pois o problema tende a se agravar cada vez mais. Devemos entender que o mau comportamento da criança nunca é para nos ofender ou deixar irritados, é porque alguma coisa está acontecendo.

Veja também: Homeschooling em tempos de pandemia

 

Esse mau comportamento na verdade acontece em casa porque é lá que a criança se sente segura para expressar seus sentimentos e angústias. Ela espera para chegar em casa porque confia e sente que lá a família irá sustentar essas emoções. Devemos pensar que se nosso filho está apresentando estes comportamentos para nós, é porque podemos ajudar. Nós como adultos precisamos sustentar estes sentimentos para poder ajudá-los da maneira mais adequada possível!

E é para isto que a Casa Crescer está a sua disposição, nós podemos lhe ajudar a identificar as raízes destes problemas e a tratá-los de maneira saudável e afetuosa. Nós contamos com uma equipe de profissionais qualificados para promover a saúde da sua família! Entre em contato conosco e agende sua consulta.